Artigos

COMO INVESTIR EM PUBLICIDADE?

*Por Celso Vergeiro

As empresas já entenderam que é preciso investir em campanhas que divulguem as suas marcas nas mídias de interesse, há muito tempo. Segundo dados do Cenp – Conselho Executivo das Normas-Padrão, o investimento em publicidade em 2018 chegou a R$16,54 bilhões, apenas 0,57% maior que 2017, mostrando que as empresas têm mantido uma constância. Mas, com todas mudanças que a sociedade vem enfrentando, onde e como isso deve ser feito?

Apesar do aumento da publicidade digital, a televisão ainda continua sendo um dos meios de comunicação mais relevantes. O mesmo levantamento mostra que é a TV aberta é quem detém a maior fatia do mercado, com 58,3%, mostrando que mesmo tendo diminuído quatro décimos em relação ao ano anterior, ela continua sendo de suma importância para as marcas.

Atualmente, o Brasil tem um pouco mais de 200 milhões de habitantes, desses 96,8% possuem um televisor em casa. E nem por isso, prender a atenção dos telespectadores é algo fácil. Sendo assim, é essencial que as marcas se reinventem para criar uma ação onde cada pessoa se sinta única.

A internet, por outro lado, teve a sua fatia aumentada em 2018, apesar do valor ainda ser menor do que em propagandas televisivas. Em 2017, o investimento neste tipo de mídia foi de 14,8%, já no ano passado ela fechou o ano com 17,1% e a tendência é que cresça ainda mais. Isso porque, as inovações tecnológicas trouxeram grandes mudanças para a sociedade.

Além disso, é inegável que o surgimento de novas gerações também trouxe  novos consumidores, que são mais exigentes e muito mais conectados a internet do que a TV aberta em si. E isso, eu devo destacar, é um ponto que as marcas precisam estar atentas.

Não adianta mudar só onde os materiais são divulgados é preciso que as empresas reflitam sobre o conteúdo que estão distribuindo. A atualização precisa ser completa, constante e na mesma velocidade em que as coisas se renovam. Caso contrário, a possibilidade de sucesso nas ações diminui consideravelmente.

O segredo está em trazer uma experiência inovadora para o seu público. Mais do que bons produtos, o novo consumidor espera uma solução que tenha gere identificação imediata, seja porque ele reflete no seu modo de vida ou também porque a marca entendeu que ele precisa de algo mais prático que facilite seu dia a dia.

Para isso, é fundamental, antes de mais nada, entender o público com quem pretendemos nos comunicar e, principalmente, quais são as suas dores, para oferecer a ele exatamente o que ele precisa. Só assim será possível criar uma conexão emocional que resultará em encantamento e engajamento.

*Celso Vergeiro é CEO da Adstream, maior plataforma de armazenamento e distribuição de conteúdo publicitário do mundo.