Notícias

Ministro Marco Aurélio Mello toma posse no Instituto Palavra Aberta

Em almoço comemorativo pelos cinco anos do Instituto, o magistrado do STF foi empossado no Conselho Consultivo com as boas-vindas dos demais conselheiros e da presidente Patricia Blanco.

logo-pa
Ênio Vergeiro, Presidente da APP com o Ministro Marco Aurélio Mello (Foto: Arthur Nobre).

Ênio Vergeiro, Presidente da APP com o Ministro Marco Aurélio Mello (Foto: Arthur Nobre).

Em almoço comemorativo pelos cinco anos do Instituto, o magistrado do STF foi empossado no Conselho Consultivo com as boas-vindas dos demais conselheiros e da presidente Patricia Blanco.

Membros dos Conselhos Diretor e Consultivo e muitos convidados prestigiaram, nesta sexta-feira (26), a posse do ministro Marco Aurélio Mello em São Paulo. Em seu discurso, a presidente Patricia Blanco disse ser uma alegria receber todos para comemorar uma data especial, os cinco anos do Palavra Aberta. “Alegria maior recebê-los para dar posse ao ministro Marco Aurélio Mello como membro do Conselho Consultivo do nosso Instituto”, enfatizou.

O professor e conselheiro do Palavra Aberta, Eugênio Bucci, também fez o seu pronunciamento, dando as boas-vindas ao magistrado. Na sequência, foi a vez do mais novo membro do Instituto, Marco Aurélio Mello, agradecer o convite e os convidados que prestigiaram a sua posse.

Veja algumas frases proferidas pelo ministro durante a sua posse:

“A Carta de 1988 direciona à interpretação sistemática, à supremacia, tendo em conta a privacidade, da liberdade de expressão, do direito e do dever de informar e bem formar com fidelidade.”

“Fiquei muito satisfeito com a primeira reunião com os membros do Palavra Aberta. Não só tendo em conta o vídeo que assisti, relevando que foi feito nesse período em termos de fortalecimento da democracia, como também, da exposição do pleno domínio da matéria…”

“Acima de tudo, um servidor, um servidor de meu semelhante. Saibam, em que pese a passagem no oficius de Kant, de 36 anos, continuo com o entusiasmo do primeiro dia, quando preenchi o cargo no Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região. Ainda examino processos hoje, como se fosse o primeiro processo da minha vida de juiz. Vida de juiz que retrata uma missão que entendo como sublime. O período que nós vivemos é muito estranho, que se nota perda de parâmetros, abandona princípios, em que o certo passa por errado, o dito pelo não dito e vice-versa. É justamente nessa hora que o papel de uma imprensa forte se mostra fundamental. Mediante ao que é veiculado, atuam as instituições, atua a Polícia Federal, o Ministério Público e o Judiciário, objetivando a correção de rumos. Hoje, já não se escamoteia as mazelas desta sofrida república. Elas veem à tona, são escancaradas…”

“Voltarei a Brasília com as baterias recarregadas, persistindo na arte de proceder e na arte de buscar, passo a passo, o bem proceder.”

 INSTITUTO PALAVRA ABERTA

Missão

Promover e incentivar as liberdades democráticas, em especial, a liberdade de expressão e a livre iniciativa.

Visão

Auxiliar e produzir as condições de liberdades em instituições democráticas fortes para a nossa e para as futuras gerações.

Valores

  • Fomento e promoção da educação e da cultura
  • Liberdade de expressão e de iniciativa
  • Direito à informação – Escolha informada
  • Defesa da autorregulamentação
  • Poder da comunicação para o bem da sociedade.

O Instituto Palavra Aberta não é:

  • Instituição setorial que serve aos interesses de um ou mais grupos.
  • Organização política ou filiada a partidos políticos.
  • Entidade que faz lobby ou atua para o interesse de grupos comerciais específicos.

 

 

Notícia originalmente publicada em:

http://www.palavraaberta.org.br/noticias/ministro-marco-aurelio-mello-toma-posse-no-palavra-aberta.html