Notícias

Nova/sb inaugura escritório em Cuiabá

Equipe_da_novasb_do_MT

Com um investimento de 500 mil reais, a estrutura foi necessária para fazer o atendimento do primeiro cliente da região: o Governo de Mato Grosso. Depois de ser uma das empresas vitoriosas na licitação para a publicidade do Estado, a nova/sb agora mira em novas possibilidades nesse horizonte. A motivação para participar da licitação veio do enfoque em política de transparência. Agora, a agência montou um time composto por 15 profissionais, maior parte deles talentos pescados em Cuiabá.

 – A nossa intenção é de se aproximar de um mercado com grandes possibilidades e acompanhar de perto essas contas que vamos começar a atender aqui. Nós estamos começando aqui em Cuiabá com 15 colaboradores, pessoas que são especialistas no que fazem e trazem consigo a experiência que a nova/sb precisa – comenta o CEO e sócio-fundador da nova/sb, Bob Vieira da Costa, que acompanha de perto a ampliação e discursou na inauguração do espaço.

 A nova/sb, que possui sede em São Paulo e também tem escritórios no Rio de Janeiro e Brasília, agora aposta também no Mato Grosso e está preparada para atende a demanda local. Aliás, não vai faltar inspiração para a equipe do centro-oeste, que vai contar com uma vista maravilhosa da Chapada dos Guimarães. 

Comunicação de Interesse Público

 – O DNA da nova/sb é a Comunicação de Interesse Público. Tratar de assuntos que possibilitam a transformação social através de uma séria reflexão sobre comportamento é a especialidade da agência, que já vem há mais de dez anos reunindo uma série de experiência bem-sucedidas. E uma gestão que tem esses temas como política de governo será muito mais aberta às demandas de Comunicação de Interesse Público. – comenta Bob.

 Trabalhando com a OMS e a OIT, duas organizações internacionais de renome e grande responsabilidade, a nova/sb ousou ainda mais ao mergulhar também nas questões que são verdadeiros tabus na sociedade brasileira. Foi assim que nasceu o projeto Comunica Que Muda, uma iniciativa sem fins lucrativos que visa suscitar o debate de cinco temas polêmicos: a descriminalização da maconha, a intolerância, a mobilidade urbana, a produção indiscriminada de lixo e o suicídio.

 Índice popsynergy – E para chegar nesses cinco temas, a nova/sb, mais uma vez inovou. Desenvolvendo uma metodologia própria para diagnosticar ideias, assuntos, marcas e/ou produtos que são tendência, eles criaram o Índice Popsynergy. O termômetro também mede a popularidade de comportamentos, temas de opinião pública, causas, instituições e negócios. Foram dois anos de trabalho para desenvolver esta metodologia de pesquisa, reunindo 22 especialistas de universidades do Brasil, Reino Unido, Portugal e Espanha.

Quer conhecer mais sobre a Nova/sb, acesse http://www.novasb.com.br/